Após a maior inundação de sua história em abril de 2019, o Museu do Pontal sofreu mais uma alagamento de grandes proporções no dia 01 de março de 2020! Agora, o objetivo do financiamento coletivo é finalizar a nova sede do Museu do Pontal para salvar definitivamente o maior acervo de arte popular do Brasil. Não podemos perder mais um Museu, nem para os incêndios nem para as enchentes.

Essa campanha quer mobilizar todos os apaixonados pela arte e cultura popular do Brasil, para juntos finalizarmos a nova sede do Museu do Pontal.

Hoje o maior acervo de arte popular do Brasil está ameaçado. São mais de 9 mil obras de 20 estados brasileiros, de cerca de 300 artistas que estão em risco.

O Museu Casa do Pontal vem sendo atingido por inundações desde que um grande empreendimento imobiliário alterou as características urbanas de seu entorno. Os prejuízos causados pelos alagamentos têm sido imensos, e a única solução é mudar de local, salvando o acervo definitivamente. Trata-se de uma urgência!

E esse objetivo está quase lá. Estamos na reta final da construção, com 70% da obra já realizada.

Vamos juntos fazer com que o maior acervo de arte popular brasileira chegue às futuras gerações!

#salveomuseudopontal

O Novo Museu do Pontal

Construir uma nova sede é um grande desafio. Como manter os sentidos de uma história e apontar para um futuro?

No novo espaço, com arquitetura dos premiados arquitetos de Minas Gerais – Arquitetos Associados – que participaram do projeto de Inhotim, foi mantido o espírito da Casa do Pontal original, privilegiando o diálogo entre o acervo, de mais 9.000 esculturas, com a arquitetura e a natureza. No terreno de cerca de 14 mil m², o paisagismo, projeto do Escritório Burle Marx, será um dos personagens principais. Espécies tropicais continuarão fazendo parte da experiência, acrescentando outras referências, como paisagens da caatinga. O passeio de visitantes pelo futuro museu, todo de concreto aparente, aço e madeira, se dará entre espaços abertos e fechados. Uma grande área verde com obras de arte será um convite ao relaxamento e à contemplação da paisagem em volta: se antes o maciço da Pedra Branca fazia parte do enquadramento, agora o museu ganha a Pedra da Gávea.

vista para a pedra da Gávea de dentro da nova sede do Museu do Pontal

O tamanho atual do Museu será mantido. Serão cerca de 2.500 m², contendo sala de exposição permanente, sala multiuso, reserva técnica e salas administrativas. Haverá ainda um restaurante com varanda projetada para uma visão de 180º das pedras e morros da região.

perspectiva da exposição permanente na nova sede

Localização

O Museu Casa do Pontal estará na região central da Barra da Tijuca, situando-se a 4,5 km da Cidades das Arte, a 5 km do Barrashopping e 7 km da praia da Barra. Acreditamos que o Museu Casa do Pontal com seu novo projeto arquitetônico, aliado à localização mais central do novo terreno na Barra, com uma maior malha de transporte no seu entorno e com a ampliação de sua programação cultural tornará realidade a sua consolidação como um dos principais destinos turísticos e de lazer da cidade.

O que fazer agora?

A campanha para finalizar a nova sede começou no ano passado e já garantiu a sua retomada. Agora faltam R$ 1 milhão. Ainda é bastante e será preciso muito esforço para chegarmos ao total necessário.

A campanha já contou com apoios importantes de empresas como o Itaú (R$ 700 mil) e a Vale (R$ 800 mil), como também de pessoas (R$ 200 mil) que entenderam a importância de finalizar a nova sede do Museu do Pontal. O Museu também vai entrar diretamente com R$ 850 mil.

Com os recursos já captados serão instalados o telhado, as janelas, será realizado o piso e as instalações hidráulicas, elétricas, de segurança, dados e voz.

Agora buscamos recursos para realizar estacionamento, jardins, urbanização dos acessos e outros.

Acreditamos que a melhor forma de reabrir o Museu é pela força do coletivo. Precisamos de apoiadores individuais, como você, e também das empresas! Colabore, compartilhe o projeto com seus amigos e junte-se a nós neste esforço.

O problema das inundações e a busca de soluções

As inundações de abril de 2019 e março de 2020 são resultado da urbanização, autorizada pela Prefeitura do Rio de Janeiro, no entorno da sede do Museu Casa do Pontal, no bairro do Recreio dos Bandeirantes. Com as edificações no entorno, o terreno onde o Museu está localizado ficou abaixo da cota das novas ruas. Um estudo da COPPE/UFRJ realizado em 2014 recomendou a mudança da sede do Museu com a construção de uma nova edificação em outro terreno.

A Prefeitura reconheceu em 2016 sua responsabilidade e cedeu um terreno na Barra da Tijuca, além de garantir recursos para a construção de uma nova sede. As obras da nova sede começaram em junho de 2016 e estavam previstas para terminar em julho de 2017.  No entanto, quando faltavam apenas 5 meses para sua conclusão, elas foram paralisadas, por falta de pagamento. Há dois anos a Prefeitura afirma que retomará a construção mas, desde então, nada aconteceu.

As recentes inundações nos mostraram que não podemos mais esperar. Por isso estamos fazendo essa força tarefa para finalizar a nova sede e reabrir o Museu em seu novo espaço.

A última campanha

Como amplamente noticiado nas mídias do país, em abril de 2019, o Museu do Pontal sofreu sua sexta inundação. Os prejuízos causados foram imensos e colocou o maior acervo de arte popular do Brasil em ameaça. O que parecia ser o fim acabou virando uma grande campanha que arrecadou R$ 100 mil e mais do que permitir recuperar as estruturas, mobilizou os apaixonados pela arte e cultura popular do Brasil, demonstrando que nós, brasileiros, nos importamos com nosso patrimônio.

Reabrimos o Museu em julho 2019 e já temos centenas de escolas visitando e sendo agendadas, no entanto, permanecemos numa situação crítica. Como mostra a recente inundação no dia 01 de março de 2020. E podemos ser alagados a qualquer momento.

Hoje temos certeza que a força dessa comunidade que ajudou a reformar e reabrir o atual Museu levará para as futuras gerações o museu e seu acervo com mais de 9 mil obras de 300 artistas de 20 estados brasileiros. 

Porque não fizemos essa campanha por uma plataforma convencional de financiamento coletivo?

Plataformas, como a Benfeitoria aonde fizemos nossa última campanha, são excelentes para a realização de campanha de financiamento coletivo, trazendo segurança e praticidade. Contudo, nelas não pode ser computado os recursos arrecadados via Leis de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet, ICMS, ISS e outras). Por esta razão, optamos por um outro modelo, igualmente seguro, o qual será realizado diretamente no nosso site. As doações feitas serão incluídas imediatamente no site. Os apoios que formos agregando via lei de incentivo ao longo da campanha também aparecerão de forma imediata.

Como doar via lei de incentivo?

Pessoas jurídicas

O projeto da obra da nova sede do Museu do Pontal se encontra aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura. Caso sua empresa esteja interessada em participar dessa força tarefa para levar o maior acervo de arte popular do Brasil às futuras gerações entre em contato pelo email institucional@museucasadopontal.com.br.

Pessoas físicas

As pessoas físicas, que fazem a declaração completa do Imposto de Renda, podem aplicar até 6% do Imposto de Renda devido em projetos culturais, como o do Museu Casa do Pontal. Para mais informações entre em contato pelo email institucional@museucasadopontal.com.br.

Transparência na gestão dos recursos recebidos

Os doadores gostam de acompanhar com clareza como o seu dinheiro foi investido, de maneira a ter certeza de que ele serviu para as finalidades declaradas. Por esta razão as doações recebidas com o objetivo de finalizar a obra física do Museu Casa do Pontal serão depositadas numa conta bancária específica com prestação de contas mensais. Ou seja, a cada avanço da obra o doador poderá acompanhar, diretamente no site, o que foi feito.

O que é o Museu do Pontal?

O Museu Casa do Pontal, é o maior museu de arte popular do Brasil, responsável pela preservação e dinamização de um acervo de mais de 9 mil esculturas. São 4 mil obras em exposição permanente e mais de 5 mil em reserva técnica. A coleção já foi vista por mais de 3 milhões de visitantes, nas extensas galerias expositivas da sede e nas mais de 60 exposições realizadas no Brasil e no mundo nos últimos anos. Em 2018, tivemos nosso recorde de público anual: o acervo foi visto por mais de 190 mil pessoas.

A coleção, tombada pela Prefeitura como referência cultural da cidade, é composta por peças de cerca de 300 artistas brasileiros, produzidas a partir do século 20. A excelência da atuação do Museu é reconhecida por diversas premiações, como o Prêmio Rodrigo Melo Franco (IPHAN, 1996) e a Ordem do Mérito Cultural (Governo Federal, 2005). O Museu do Pontal possui a maior coleção de obras do Mestre Vitalino no Brasil, guardando a memória da arte popular brasileira para as gerações futuras.

Segundo membros do Conselho Internacional de Museus (ICOM), associado à Unesco, “O Museu Casa do Pontal não é apenas um museu completo de Arte Popular Brasileira, pode ser considerado como um verdadeiro museu antropológico, único no país a permitir uma visão abrangente da vida e da cultura do homem brasileiro”.

As obras narram a história brasileira do ponto de vista das camadas populares, valorizando personagens fundamentais da vida do país. No acervo do Pontal encontra-se a narrativa viva dos costumes simples, dos hábitos, das práticas do dia-a-dia, contados a partir dos testemunhos e depoimentos dos artistas populares das periferias das grandes cidades e das vilas, sítios e cidadezinhas do vasto interior do Brasil.

Ao longo de mais de 40 anos de atividades, o Museu Casa do Pontal se empenhou em proteger e difundir seu acervo. O Programa Educacional e Social, criado há mais de 20 anos, já atendeu cerca de 500 mil participantes. O Museu entende a educação como uma de suas principais finalidades. As visitas teatralizadas escolares, seminários e materiais educativos procuram estimular que estudantes, educadores e o público em geral compreendam a complexidade e a riqueza estética da arte popular, afastando e rompendo estereótipos que determinam historicamente este campo.


Museu Casa do Pontal
Salve O museu Casa do Pontal

Doar usando o PagSeguro

R$ 40

Você será um visitante ilustre e seu nome estará lá, no painel de créditos, durante o mês de abertura da exposição permanente do Museu.

Nome nos créditos na exposição + 1 ingresso para visitar o Museu

R$ 70

Antes de abrir para o público geral, vamos fazer uma festa de inauguração. Apenas quem participou da campanha vai fazer parte desse momento único.

Nome nos créditos na exposição + 1 ingresso para festa de abertura

R$ 120

Leve um/a amigo ou seu/sua companheiro para essa festa de inauguração inesquecível e deixe o seu nome marcado na história do Museu!

Nome nos créditos na exposição + 2 ingresso para festa de abertura

R$ 200

Leve três amigos para essa festa de inauguração inesquecível e deixe o seu nome marcado na história do Museu!

Nome nos créditos na exposição + 4 ingressos para o Arraial do Museu do Pontal

R$ 300

Vaga garantida nos 3 shows e nos dois seminários que serão realizados no novo Museu do Pontal no seu primeiro ano de funcionamento.

Nome nos créditos na exposição + 1 ingresso para festa de abertura + 1 ingresso para 3 shows + 1 ingresso para 2 seminários

R$ 500

Vaga garantida para você e mais uma pessoa nos 3 shows e nos dois seminários que serão realizados no novo Museu do Pontal no seu primeiro ano de funcionamento.

Nome nos créditos na exposição + 1 ingresso para festa de abertura + 1 ingresso para 3 shows + 1 ingresso para 2 seminários

R$ 1 mil

O Museu do Pontal tem uma cultura de reconhecimento de seus doadores. Somos muito gratos pela sua colaboração e queremos mostrar isso a todos, fazendo um agradecimento especial com seu nome impresso no livreto institucional de nossa programação.

Nome nos créditos na exposição + 2 ingressos para festa de abertura + nome no livreto institucional.

R$ 2.000

Além do reconhecimento no livreto institucional, nessa recompensa você pode trazer um grupo de até 10 amigos para uma visita especial ao acervo, acompanhado pela curadora, com muitas estórias e comentários sobre artistas, obras e curiosidades sobre as aquisições.

Nome no livreto institucional + nome 2 ingressos para festa de abertura + nome no catálogo + Camisa ou Sacola + Visita com a curadora para grupo de 10 pessoas.

R$ 3 mil

O Museu do Pontal acredita no pleno reconhecimento daqueles que fomentam a Cultura e contribuem para tornar a arte acessível a todos. Por isso, faremos um agradecimento especial com seu nome impresso em nosso próximo catálogo.

Nome nos créditos na exposição + nome 2 ingressos para festa de abertura + nome no catálogo.

R$ 4.000

Além do reconhecimento no catálogo, nessa recompensa você pode trazer um grupo de até 10 amigos para uma visita especial ao acervo, acompanhado pela curadora, com muitas estórias e comentários sobre artistas, obras e curiosidades sobre as aquisições.

Nome nos créditos na exposição + nome 2 ingressos para festa de abertura + nome no catálogo + Camisa ou Sacola + Visita com a curadora para grupo de 10 pessoas.

R$ 5.000

Faça um evento seu no Museu: casamento, aniversário, (ou outra comemoração) o que quiser para um grupo de até 50 pessoas.

Nome nos créditos na exposição + nome 2 ingressos para festa de abertura + nome no catálogo + Evento no Museu

O evento pode ser agendado num prazo de 1 ano, deve ter duração de até 5 horas, estando incluído nessa recompensa a cessão do espaço. Outros serviços devem ser contratados diretamente com terceiros.

R$ 10.000

Essa é para aqueles que querem ter na sua sala o melhor da arte brasileira. Você que é um colecionador, ou ama a arte popular, poderá apoiar a causa do Museu e terá como recompensa uma obra especialmente selecionada pela curadora do Museu do Pontal.

Nome nos créditos na exposição + nome 2 ingressos para festa de abertura + nome no catálogo + Obra de arte popular.

R$ 50.000

Seu nome estará marcado para sempre no Museu do Pontal. Na entrada do Museu terá uma placa com os nomes das pessoas que auxiliaram na construção da nova sede e o seu nome estará lá.

Nome na entrada do Museu + 2 ingressos para festa de abertura + nome no catálogo

Caso tenha o interesse em contribuir com valores superiores entre em contato pelo nosso email: institucional@museucasadopontal.com.br.

O Museu do Pontal só chegará ao futuro com o apoio da comunidade dos apaixonados pela arte e cultura popular brasileira. Queremos pensar juntos as melhores formas de todos poderem ajudar e se sentirem parte dessa história.