Menssagem de erro

In Brazil and in the World

Mestre Vitalino

1996
Museu Nacional de Belas Artes
Rio de Janeiro/RJ – Brasil

Focada em Mestre Vitalino, a exposição trouxe ao conhecimento do público 82 obras dos acervos do Museu Casa do Pontal, dos Museus Castro Maya, do Museu do Folclore Edison Carneiro e da coleção de Paulino Cabral de Mello. Mestre Vitalino, foi reconhecido como o maior representante da escola de cerâmica escultórica desenvolvida no Alto do Moura, em Pernambuco. A ele é atribuído o fato de ter elevado o trabalho da cerâmica a um nível jamais alcançado anteriormente por um artista popular.

Com curadoria de Jacques Van de Beuque, a exposição inaugurou no Museu Nacional de Belas Artes uma nova ala de arte popular – a Galeria Mário Pedrosa. A mostra ainda fez parte de um evento maior denominado “Brasil-Arte-Origem” e inspirado no pensamento de Pedrosa, que sempre desejou aproximar a arte popular do grande público. Dividida em cinco segmentos - Indígena, Africano, Europeu, Popular e Inconsciente -, a exposição traçou um painel cultural da arte brasileira guiado pelo Museu das Origens, num projeto de Mário Pedrosa não concluído, que reuniria as raízes da arte brasileira.